A Nota Comissão de Saúde OAB-CE sobre Reabertura da Emergência em Maracanaú-CE

Dez anos da Residência de Emergência é destaque em número temático do Jornal do Médico
22 de março de 2018
FAMED UFC Campus Sobral 17 anos
2 de abril de 2018
Exibir tudo

A Nota Comissão de Saúde OAB-CE sobre Reabertura da Emergência em Maracanaú-CE

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Comissão de Saúde da OAB/CE atendendo a demanda do sindicato dos médicos do Estado do Ceará, representado pelo seu Presidente Edmar Fernandes, a respeito do fechamento da emergência do Hospital Municipal João Elísio de Holanda, decidiu intermediar a grave crise da saúde naquele município, realizando visitação ao referido hospital e na ocasião pode constatar tal realidade.

Após visitação houve audiência pública na Câmara dos vereadores do Município de Maracanaú, requisitada pelo Presidente da Associação dos Moradores do Conjunto Industrial de Maracanaú, Eduardo Reis, com ampla participação dos vereadores e da população. Nessa ocasião houve a deliberação de uma reunião com o Presidente da Comissão de Saúde-OAB/CE, Ricardo Madeiro, Promotor de Justiça de Maracanaú, Ricardo Rabelo de Moraes, Secretário Municipal da Saúde de Maracanaú Francisco Torcapio Vieira da Silva, o presidente da sub seccional da região metropolitana de Fortaleza, Raphael Pessoa Mota.

Essa reunião ocorreu dez dias após a audiência pública e transcorrida extensiva discussão, durante três horas, o Secretário Municipal da Saúde de Maracanaú ficou de apresentar proposta para a solução do problema.

No último dia 23 de março o prefeito de Maracanaú juntamente com o secretário municipal da saúde entregaram em mãos a proposta, na qual consta a reabertura da Emergência do Hospital Municipal Joao Elísio de Holanda, onde os pacientes de eixo verde (pouco Urgente) e Eixo azul (não urgente) serão atendidos no período de 24 h na Unidade de Atendimento Básica (UAB), e os contemplados nos Eixos Laranja e Vermelho (maiores riscos para imediata resolutividade) serão atendidos na própria Emergência do Hospital, que disponibilizará equipe médica completa com 05 médicos, sendo, 02 Emergencistas, 02 Cirurgiões e 01 Anestesista.

Os pacientes do perfil da UPA serão encaminhados para a mesma, em transporte da Secretaria de Saúde de Maracanaú.

Desta forma entendemos que a mediação do conflito realizada pela Comissão de Saúde da OAB-CE em parceria com a Comissão de Saúde da sub seccional da região metropolitana de Fortaleza, a Promotoria de Saúde de Maracanaú, Sindicatos dos Médicos, Conselho Regional de Farmácia e de Fisioterapia e Terapia Ocupacional obteve êxito satisfatório, atendendo assim as necessidades da população local.

Autor: Dr. Ricardo Madeiro, Médico CREMEC Nº 4556, Advogado OAB/CE Nº 17932, Presidente da Comissão de Saúde da OAB/CE e Conselheiro do Jornal do Médico

Acompanhe mais conteúdo sobre Medicina, Direito & Saúde em nossos canais digitais Facebook & InstagramBlog e App.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Redação JMédico
Redação JMédico
Equipe de Reportagem Jornal do Médico | Canal de Comunicação sobre Medicina, Direito & Saúde | E-mail: redacao@argollomarketing.com.br