Organizações se mobilizam para o Dia Nacional do Endoscopista

O Dia Nacional do Endoscopista foi instituído em 25 de julho, em homenagem à data de fundação da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (Sobed), no ano de 1975. A data tem o objetivo de divulgar a necessidade da especialização em Endoscopia Digestiva, prática até então subestimada e julgada de pouca importância e complexidade na medicina mundial. A Sobed – Ceará e o Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC) dão suas contribuições para o Dia.
O endoscopista é o médico responsável pela análise interna do aparelho digestivo. A Sobed confere o título de endoscopista após o médico ser aprovado no exame de suficiência e ter passado quatro anos exercendo atividades na área, quando é então registrado pelo Conselho Regional de Medicina (CRM). É esforço anual da Sobed o alerta para a população buscar médicos com especialização em endoscopia como medida de segurança, uma vez que o procedimento endoscópico pode evitar cirurgias convencionais.
Procedimento indolor, a endoscopia permite ao especialista ver o que se passa dentro do trato digestivo do paciente a fim de diagnosticar e tratar sintomas de doenças, como como náuseas, vômitos, dores abdominais persistentes, entre outros. Neste ano, a Sobed – Ceará alerta sobre a incidência de tumores gástricos e importância dos exames endoscópicos para diagnóstico de tumores do aparelho digestivo. A campanha destaca o diagnóstico precoce e busca conscientizar a população sobre as principais causas correlacionadas com os tumores.
Os tumores no aparelho digestivo representam a quarta maior incidência de tumores em homens e a quinta em mulheres, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). As principais causas para essa ocorrência estão correlacionadas com as infecções por H. Pylori, dietas ricas em sódio e a ingestão de alimentos em conserva. Outros fatores de risco são as dietas pobres em frutas, a incidência de casos da doença no histórico familiar, inflamações no estômago por períodos prolongados e o hábito de fumar.
No Ceará, a rede pública de saúde conta com o Serviço de Endoscopia do Hospital Geral Dr. César Cals, que somente entre janeiro e junho deste ano realizou ano mais de 3.800 exames e procedimentos endoscópicos. Hoje, das 7 às 17 horas, acontece no HGCC um mutirão de endoscopia, com a realização de mais de 40 exames, além do Procedimento de Miotomia Endoscópica Peroral (POEM), indicado para o tratamento da Acalásia da Cárdia, que é uma alteração do esôfago.
Os pacientes que serão atendidos já foram selecionados de acordo com a indicação médica, por meio do serviço ambulatorial do hospital. Além da realização dos exames, os pacientes receberão orientações quanto a alimentação e mudança de hábitos – como a ingestão frequente de alimentos em conserva, ausência de frutas na alimentação, fumo e dietas ricas em sal.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


WhatsApp ENTRE EM CONTATO CONOSCO!

Send this to a friend