Dr. Arruda Bastos fala sobre inauguração de Policlínica do Centro Médico do HLV

Morre Dra. Elita Gonçalves Medeiros. Permanece seu legado para a medicina cearense
2 de agosto de 2017
Ações judiciais em saúde serão controladas por software
3 de agosto de 2017
Exibir tudo

Dr. Arruda Bastos fala sobre inauguração de Policlínica do Centro Médico do HLV

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O relógio marcava 9 horas quando a Policlínica do Centro Médico do Hospital Leonardo Da Vinci (HLV) entrou em funcionamento ontem, 01 de agosto. O ato marcou o início do cronograma de implantação do hospital, planejado desde fevereiro. O setor recém-inaugurado oferecerá atendimento em especialidades como oncologia, ginecologia, cardiologia, mastologia, neurologia, urologia, ortopedia, entre outras. A Policlínica atende de segunda a sexta-feiras, das 7h às 19h, e aos sábados, de 7h às 12h, com atendimentos particulares e conveniados.

Concluído em 2015, o HLV é de propriedade do renomado radiologista Dr. Boghos Boyadjian e desde o dia 01 de fevereiro está sob a direção do ex-secretário da Saúde do Ceará, Dr. Arruda Bastos. Ele conta que conforme for executado o cronograma de implantação, surgirão outras especialidades a serem oferecidas pela Policlínica. “Vamos ter praticamente todas as especialidades, desde as mais solicitadas quanto as menos conhecidas, mas que também são importantes.”

Após a implantação da Policlínica, daqui a 60 dias será inaugurado o Hospital Dia, e dali a mais um mês será a vez da implementação da Internação do hospital. No final do ano, a meta é inaugurar a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e no começo de 2018, o setor de urgência e emergência do HLV.

Dr. Arruda diz que assumiu a Diretoria do hospital “com a missão de chegar ao ponto do cronograma de implantação.” A elaboração do cronograma passou pela integração de todos os setores do hospital, como os de oncologia, endoscopia, cardiologia, laboratórios e clínicas de imagem, dentre outros. Ele diz que a primeira etapa de planejamento do cronograma de implantação foi definir o corpo clínico do hospital. Outra necessidade foi atualizar a documentação do HLV. De acordo com o Diretor, a revisão documental tornou o HLV um dos mais regularizados hospitais da cidade, dispondo de todos os alvarás.

O Hospital Leonardo Da Vinci foi concluído com capacidade de 120 leitos, mas a pretensão é chegar ao final do cronograma de implantação com 170 leitos em operação. O hospital se localiza na Avenida Rui Barbosa, 1921, na Aldeota, e conta com um moderno e completo serviço de imagem apoiado pela Clínica Boghos Boyadjian. “O HLV é um hospital geral, mas vai ser muito cirúrgico. Um setor muito importante é o de oncologia clínica e cirúrgica”, destaca Arruda Bastos.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Redação JMédico
Redação JMédico
Equipe de Reportagem Jornal do Médico | Canal de Comunicação sobre Medicina, Direito & Saúde | E-mail: redacao@argollomarketing.com.br