fbpx

Hospital de Saúde Mental capacita profissionais para acolhimento do público LGBTT

Quatro dias após a Parada Gay de Fortaleza, ocorrida no domingo, 25 de junho, o Hospital de Saúde Mental de Messejana Professor Frota Pinto (HSM) anunciou que capacitará no mês de julho 250 profissionais de saúde para acolher pessoas LGBTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), como parte do programa do primeiro ambulatório especializado no atendimento a pessoas trans do Ceará. Ao todo, serão cinco encontros, de 04 a 21 de julho, que entre outras atividades apresentará o serviço de transexualização do Hospital e discutirá sobre a política de saúde para a população LGBTT.
Pioneiro no Ceará, a implantação do Ambulatório de Transexualização foi anunciada em junho pelo secretário da saúde do Ceará, Henrique Javi, e iniciará suas atividades em setembro. A população LGBTT poderá contar com assistência multidisciplinar, acesso ao tratamento hormonal adequado, além de exames laboratoriais e de imagem necessários ao processo transexualizador.
Os encontros acontecerão nos dias 04 (terça-feira, de14h às 16h); 07 (sexta-feira, de 9h às 11h); 13 (quinta-feira, de 14h às 16h); 18 (terça-feira, de 14h às 16h) e 21 de julho (sexta-feira, de 9h às 11h). Todas as categorias do quadro funcional do Hospital receberão capacitação.
Com informações do HSM.

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend