fbpx
Projeto Laços e a promoção da assistência humanizada

Projeto Laços e a promoção da assistência humanizada 

O Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM), em Messejana, colocou em prática o Projeto Laços, iniciativa que tem o objetivo de aproximar a família dos pacientes que estão internados na unidade, e segundo a coordenadora do Serviço Social do HSM, Maria Delfino, a ideia dessa iniciativa surgiu diante da necessidade de promover a interação entre os pacientes internados e seus familiares; não só em razão da pandemia, motivo pelo qual foi preciso suspender as visitas presenciais, mas também porque mesmo em tempos normais, nem sempre o familiar tinha condições de ir até o hospital visitar o paciente.

Por meio de chamadas de vídeos, os pacientes que estavam sem ver seus familiares devido a suspensão de visitas causada pela COVID-19, agora podem ter um contato, mesmo que a distância, com a família. Dessa maneira, os pacientes garantem os vínculos afetivos, fator que ajuda bastante no tratamento e consequentemente na melhora. “Os pacientes têm reagido de forma positiva, com gratidão e emoção, por terem a possibilidade de verem (virtualmente) àqueles que fazem parte da sua vida.”, afirmou Maria Delfino.

O Projeto Laços, que teve início em maio e é voltado a pacientes das quatro unidades de internação masculinas e femininas do Hospital de Saúde Mental, é executado pelo setor de serviço social da unidade hospitalar. Além disso, a iniciativa conta com 14 assistentes sociais e busca ampliar as possibilidades de assistência e humanização no atendimento, pois o setor entende e prioriza a contribuição familiar no processo de cuidado dessas pessoas.

 

Fonte: cmfor e saude

 

Confira mais conteúdo no programa do Jornal do Médico®️ com o Saúde em Pauta

 

 

Assine a NewsLetter do Jornal do Médico®️ e receba conteúdos relevantes no seu E-mail

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend