fbpx

Você já ouviu falar em Esteatose Hepática?

Chamada de Infiltração gordurosa do fígado ou Gordura no fígado, é um distúrbio caracterizado pelo acúmulo de gorduras nas células do fígado, órgão que é responsável pela fabricação das partículas que transportam o colesterol HDL E LDL e pela limpeza do organismo através da eliminação de resíduos tóxico. Ela pode ser dividida em doença gordurosa alcoólica, (quando existe consumo abusivo de álcool) ou doença gordurosa não alcoólica (quando não há histórico de consumo abusivo de álcool) .
A esteatose hepática é comum nos pacientes com sobrepeso, obesos ou diabéticos. Em parte desses pacientes, uma inflamação das células hepáticas associada à esteatose pode estar presente, lembrando a hepatite alcoólica, e que é chamada de esteato-hepatite.
A Esteatose hepática pode surgir de várias causas tais como:

  • Abuso de álcool
  • Diabetes
  • Hepatites virais
  • Causas relacionadas a algumas cirurgias para obesidade
  • Drogas, como corticóides
  • Alterações do lipídios, como colesterol e triglicerídeos elevados.

Nos quadros leves a doença é assintomática, porém em estágios avançados de esteato-hepatite caracterizados por inflamação e fibrose, resultam em insuficiência hepática.  Os sintomas mais frequentes são ascite (acúmulo anormal de líquido dentro da cavidade abdominal), encefalopatia e confusão mental, hemorragias, queda no número de plaquetas, aranhas vasculares, icterícia.
A Esteatose hepática ou a esteato-hepatite são doenças reversíveis. O manejo delas requer a identificação e possível tratamento específico da infiltração gordurosa, bem como uma avaliação e orientação multidisciplinar. incluindo se necessário a utilização de medicamentos, acompanhamento nutricional e exercícios físicos.
Para mais informações acesse o site

Acompanhe mais conteúdo sobre Medicina, Direito & Saúde em nossos canais digitais Facebook & InstagramBlog e App.

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend