fbpx

19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe inicia no dia 17 de abril

A 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza, será realizada no dia 17 de abril e vai até dia 26 de maio. Alguns estudos demonstram que a vacinação contra a gripe sazonal pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalização por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em, aproximadamente, 50% nas doenças relacionadas à influenza. Estima-se que uma pessoa infectada seja capaz de transmitir o vírus para até dois contatos não imunes. As crianças com idade entre um e cinco anos são as principais fontes de transmissão dos vírus na família e na comunidade, sendo que podem eliminar os vírus por até três semanas.
A transmissão da doença ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém‐contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz. É muito elevada em ambiente domiciliar, creches, escolas e em ambientes fechados e a transmissão também é elevada em aviões, navios e outros meios de transporte coletivo, onde são frequentemente registrados surtos de influenza que acometem passageiros e tripulantes.
Em 2017 a meta passa a ser vacinar pelo menos 90%de cada um dos grupos prioritários para a vacinação: trabalhadores de saúde, povos indígenas, crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos, gestantes em qualquer idade gestacional, puérperas, indivíduos com 60 anos ou mais de idade. Deverão também se vacinar as pessoas portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. Nesse ano também se inclui nas prioridades os Professores e professoras das escolas públicas e privadas.
 
Para se prevenir contra a gripe é necessário
– Higienizar as mãos com água e sabonete antes das refeições, antes de tocar os olhos, boca e nariz e após tossir, espirrar ou usar o banheiro;
– Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies contaminadas;
– Proteger com lenços (preferencialmente descartáveis) boca e nariz, ao tossir ou espirrar, para evitar disseminação de aerossóis;
– Pessoas com síndrome gripal devem evitar contato com outras pessoas suscetíveis
– Quem estar com síndrome gripal deve evitar aglomerações e ambientes fechados
– Manter os ambientes ventilados
– Pessoas que sejam casos suspeitos ou confirmados devem ficar em repouso, utilizar alimentação balanceada e aumentar a ingestão de líquidos;
– Gestantes devem buscar o mais rápido possível o serviço de saúde caso apresente sintomas de síndrome gripal.
 
 
Fonte:ASCOM- SESA
 
 

 

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Send this to a friend