fbpx

Ministério da Saúde recomenda Teste do Pezinho até o quinto dia de vida dos bebês

O Teste de Guthrie, mais conhecido como Teste do Pezinho, é o exame realizado em recém-nascidos para identificação de doenças genéticas, infecciosas e metabólicas sem evidências nos primeiros dias de vida do bebê. Obrigatório para todo o País desde 1992, a recomendação do Ministério da Saúde é que o exame seja feito de preferência entre o 3º e 5º dias de vida.
O diagnóstico antecipado de doenças que o teste proporciona pode evitar complicações mais graves e  possibilitar uma qualidade de vida melhor para o bebê no futuro. Além do Teste do Pezinho, também existem o Teste da Orelhinha, do Olhinho, da Linguinha e do Coraçãozinho, todos cobertos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), pelo Programa Nacional de Triagem Neonatal, do Ministério da Saúde. 
O teste básico, disponível pelo SUS, identifica seis doenças: fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme, fibrose cística, deficiência de biotinidase e hiperplasia adrenal congênita. O exame consiste em coletar sangue do recém-nascido por meio de um furinho na região do calcanhar, que é rica em vasos sanguíneos.
Com informações da Agência Brasil.
 

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend