fbpx

Academia Nacional de Medicina completa 188 anos de fundação

Então Imperador do Brasil, Dom Pedro I fundou em 30 de junho de 1829 a Academia Nacional de Medicina (ANM), com o objetivo de contribuir para o estudo, a discussão e o desenvolvimento das práticas da medicina, cirurgia, saúde pública e ciências afins, além de servir como órgão de consulta do Governo brasileiro sobre questões de saúde e de educação médica. Após 188 anos, o objetivo permanece inalterado.
Entre sua missão está congregar profissionais em reuniões periódicas com o intuito de debater questões pertinentes à medicina nacional e internacional. Assim, os membros da ANM se reúnem desde sua fundação, nas quinta-feiras, às 18h, em sessão aberta ao público para discutir temas atuais. A ANM configura-se como a mais antiga e única entidade cultural e científica a reunir-se regular e ininterruptamente por tanto tempo.
Outro ponto de sua missão é o aperfeiçoamento da difusão de ideias médicas, farmacêuticas e de ciências afins. Além disso, a Academia busca responder, aconselhar e auxiliar, quando solicitada, em questões do Governo, relacionadas à saúde pública e educação médica e, por fim, promover e incentivar a pós-graduação, a pesquisa e o estudo da Medicina em geral, através da publicação de trabalhos científicos, promoção de cursos, simpósios e premiação para as contribuições que agreguem valor ao exercício da profissão.
Entre outras funções, a ANM também promove congressos nacionais e internacionais, cursos de extensão e atualização e, anualmente, durante a sessão de aniversário, distribui prêmios para médicos e pesquisadores não pertencentes aos seus quadros. Você pode acessar aqui a lista dos membros acadêmicos honorários desde a fundação da Academia.
O Jornal do Médico parabeniza a centenária entidade médica, parte importante da medicina nacional.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Send this to a friend