fbpx

Construção de complexo hospitalar deve garantir mais desenvolvimento para Eusébio

Hospital deve gerar mais de 10.000 empregos diretos e indiretos

 
Marcadas para iniciarem em janeiro de 2018 e com duração de cinco anos, as obras que construirão o hospital de referência em cardiologia CityCor em Eusébio serão realizadas no Polo Tecnológico e Industrial de Saúde (Ptis) da cidade. Segundo site da Prefeitura, o empreendimento particular de R$ 4,5 bilhões será “um dos maiores complexos hospitalares do Estado”. O Prefeito da cidade, Acilon Gonçalves, diz que as iniciativas empreendedoras em saúde “dá a certeza que teremos um desenvolvimento acentuado nos próximos cinco anos naquela região”.
O hospital geral terá capacidade de 800 leitos e será instalado no bairro da Precabura, a 1km da Fiocruz, englobando também os bairros de Cararu, Mangabeira e adjacências. O equipamento funcionará associado a um centro de pesquisa de incorporação tecnológica e uma faculdade de medicina. Segundo Juan Mejia, diretor do hospital, Eusébio foi escolhido como local de investimento devido a possibilidade de parcerias com a Fiocruz. “Temos muito interesse em desenvolver pesquisa avançada na parte da medicina de imagem, aplicada ao diagnóstico”.
Atualmente, passam por negociações para atuarem no Polo de Saúde a empresa de biotecnologia em nutrição humana Nuteral e a Point Suture, especializada em fios de sutura. Durante visita técnica ao local em maio, o governador Camilo Santana disse haver esforços para atrair para o Estado uma unidade do Instituto Pasteur.
 
Com informações da prefeitura de Eusébio.
 

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend