fbpx

Hospital Geral de Fortaleza adere a projeto nacional de transplantes

O Hospital Geral de Fortaleza recebeu na última terça-feira, 22, pesquisadores do Ministério da Saúde, que apresentaram o projeto “Donors: Estratégias para otimizar a doação de órgãos no Brasil” para médicos e enfermeiros da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HGF.
O projeto Donors visa capacitar cerca de 80 instituições de 21 estados do País e tem como objetivo, qualificar o profissional em um protocolo padrão, para uma abordagem correta na condução da captação do potencial doador de órgãos, além de uma adequada entrevista com os familiares do paciente. O projeto é realizado em parceria com o Hospital Filantrópico Moinho de Vento (RS), através de recursos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS).
Segundo uma das coordenadoras do projeto, a pesquisadora Itiana Cardoso, a meta é aumentar as taxas de doações de órgãos no País. “As taxas de doações de órgãos no Brasil ainda são muito baixas, o nosso trabalho com esse programa é diminuir a fila de espera por um órgão no País, aumentando as taxas de doações e a qualidade dos órgãos disponibilizados aos seus receptores”, disse.
A enfermeira Márcia Vitorino, da Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do HGF, relatou que a intenção é otimizar ainda mais o processo que é realizado no HGF, para melhorar a captação de órgãos. “Nós estamos animados pelo HGF ter sido um dos escolhidos para participar do projeto, pois esse é um trabalho de incentivo e conscientização que está sendo realizado em todo o Brasil, quanto a doação de órgãos e tecidos”, ressaltou.
Com informações da ASCOM do HGF
 

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend