fbpx

HGWA recebe doação de cabelos para crianças com câncer

O Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA) realizará a terceira edição da campanha de arrecadação de mechas de cabelo que acontecerá no próximo dia 11 de setembro, das 10 às 14 horas, com distribuição de fichas no bloco didático do Hospital. O evento é para o projeto Um Pedacinho de Amor Não Dói que confecciona e doa perucas para crianças com câncer.
Um Pedacinho de Amor Não Dói é uma iniciativa criada há quatro anos pela estudante Marília Karen, que afirma que não é preciso ter enfrentado a doença para se sensibilizar com a causa. “Resolvi criar o projeto para ajudar principalmente às crianças que são mais sensíveis à perda do cabelo. Ter o Waldemar como apoiador e parceiro é fundamental para a captação das mechas, já que não temos local próprio e durante o evento conseguimos um volume muito bom em pouco tempo”, diz.
Atualmente, o projeto conta com cinco voluntários na produção das peças. Um Pedacinho de Amor Não Dói já doou 155 perucas aos pacientes atendidos por entidades como o Lar Amigos de Jesus, Associação de Amigos do Crio (Assocrio), Crio (Centro Regional Integrado de Oncologia) e Associação Peter Pan. Para a confecção de uma peruca é necessário captar, em média, meio quilo de cabelo.
“O nosso foco não é o atendimento ao paciente oncológico, mas é nossa missão prestar o cuidado digno em saúde. E o cuidado perpassa todos os fatores, não só o tratamento, mas também a valorização do paciente como ser humano. Então, faz todo sentido a gente como unidade de saúde se encaixar nessa campanha que vai melhorar a qualidade de vida deles. É uma questão de solidariedade e a gente, como instituição que preza por isso, resolveu aderir a campanha”, declara Fernanda Netto, diretora geral do HGWA.
Para participar, basta ter pelo menos 15 centímetros disponíveis para o corte e apresentar-se com o cabelo lavado e seco. Quem desejar, pode também levar as mechas cortadas em outro local, contanto que também tenham 15 cm, estejam amarradas e secas. Não há restrição quanto ao tipo de cabelo a ser doado. Cabeleireiros voluntários de diferentes salões de beleza da capital atenderão os doadores de cabelo.
 
Com informações do HGWA

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Send this to a friend