fbpx

Dia Nacional de Combate à Dengue

Hoje é o Dia D. Dia de combater a Dengue, uma inimizade antiga e conhecida por muitos brasileiros.
A Dengue é uma doença infecciosa transmitida pelo mosquito Aedes Egypt, que chegou ao Brasil através de navios negreiros que vinham da África na época da escravidão. A doença se manifesta principalmente em países tropicais e subtropicais, com risco de epidemia no verão, logo após o fim das épocas chuvosas.
A Dengue Clássica se manifesta com febre alta, dores de cabeça e atrás dos olhos, dores nas costas e manchas no corpo. Em alguns casos, sangramento nasal, na boca e na urina também se manifestam. A febre dura cerca de 5 dias, e os sintomas vão perdendo força gradativamente, com duração média de 10 dias.
O quadro mais preocupante é a Dengue Hemorrágica. No início, os sintomas são os mesmos da Dengue Clássica, porém, após o quinto dia não há melhora na febre e o paciente começa a apresentar sangramento e choque. Este caso da doença pode levar à óbito, por isso, deve ser acompanhada de perto por um médico em uma unidade de saúde.
Existem 4 tipos diferentes de vírus da Dengue, DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4, todos eles causam o mesmo sintoma, a diferença é que após ser infectado por um tipo de vírus, ele não pode voltar a ser contraído. Por exemplo, um indivíduo que foi foi diagnosticado com Dengue tipo 1, só poderá reincidir com os tipos 2, 3 ou 4.
Por ser uma doença viral, ela é auto-imune. O tratamento para a Dengue consiste em aliviar os sintomas, com medicamentos para diminuir a febre e com a constante ingestão de líquidos (Água, soro caseiro, suco, chá etc). Não devem ser utilizadas medicamentos à base de ácido acetil salicílico e antiinflamatório, pois agravam o risco de hemorragia.
Por enquanto, a prevenção é o melhor método que temos contra a dengue. E para isso, devemos seguir os seguintes passos:

  • Não deixe água parada, destruindo os locais onde o mosquito nasce e se desenvolve, evita sua procriação.
  • Deixe sempre bem tampados e lave com bucha e sabão as paredes internas de caixas d’água, poços, cacimbas, tambores de água ou tonéis, cisternas, jarras e filtros
  • Não deixe acumular água em pratos de vasos de plantas e xaxins. Coloque areia fina até a borda do pratinho.
  • Plantas que possam acumular água devem ser tratadas com água sanitária na proporção de uma colher de sopa para um litro de água, regando no mínimo, duas vezes por semana. Tire sempre a água acumulada nas folhas.
  • Não junte vasilhas e utensílios que possam acumular água (tampinha de garrafa, casca de ovo, latinha, saquinho plástico de cigarro, embalagem plástica e de vidro, copo descartável etc.) e guarde garrafas vazias de cabeça para baixo.
  • Entregue pneus velhos ao serviço de limpeza urbana, caso precise mantê-los, guarde em local coberto.
  • Deixe a tampa do vaso sanitário sempre fechado. Em banheiros pouco usados, dê descarga pelo menos uma vez por semana.
  • Retire sempre a água acumulada da bandeja externa da geladeira e lave com água e sabão.
  • Sempre que for trocar o garrafão de água mineral, lave bem o suporte no qual a água fica acumulada.
  • Mantenha sempre limpo: lagos, cascatas e espelhos d’água decorativos. Crie peixes nesses locais, eles se alimentam das larvas dos mosquitos
  • Lave e troque a água dos bebedouros de aves e animais no mínimo uma vez por semana.
  • Limpe frequentemente as calhas e a laje das casas, coloque areia nos cacos de vidro no muro que possam acumular água.
  • Mantenha a água da piscina sempre tratada com cloro e limpe-a uma vez por semana. Se não for usá-la, evite cobrir com lonas ou plásticos.
  • Mantenha o quintal limpo, recolhendo o lixo e detritos em volta das casas, limpando os latões e mantendo as lixeiras tampadas. Não jogue lixo em terrenos baldios, construções e praças. Chame a limpeza urbana quando necessário.
  • Permita sempre o acesso do agente de controle de zoonoses em sua residência ou estabelecimento comercial.

 

Fonte: http://www.dengue.org.br/ e http://www.dengue.pr.gov.br

 
Acompanhe mais conteúdo sobre Medicina, Direito & Saúde em nossos canais digitais Facebook & InstagramBlog e App.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Send this to a friend