fbpx

73 milhões de brasileiros sofrem de insônia

A Insônia é caracterizada pela dificuldade de dormir ou por acordar na madrugada e não  retomar o sono, tendo dificuldades no dia seguinte e com isso desencadeia a sensação de sono não reparador, sono diurno, cansaço, irritação e dificuldade de concentração.
A insônia está associada ao aumento do risco de morte, hipertensão,depressão,obesidade e nos casos crônicos está associada a acidentes automobilísticos,domésticos e no trabalho.De acordo com a Associação Brasileira do Sono (ABS) 73 milhões de brasileiros sofrem com insônia.
Existem dois tipos de insônia:  
Insônia Aguda: Está relacionada aos estresse, problemas do cotidiano.
Insônia Crônica: Está relacionada a saúde pública, mais comum em faixas etárias avançadas  e afeta cerca de 30% a 50% da população.
O diagnóstico é elaborado através da história clínica do paciente. O médico geral irá investigar os aspectos emocionais e  os hábitos que podem influenciar o sono do paciente.O tratamento não é farmacólogo, é utilizado a terapia cognitivo-comportamental que envolve higiene do sono,técnicas de relaxamento  e controle de estímulos que mantêm a vigília. Nos casos mais graves quando está relacionado a depressão e a ansiedade que é utilizado medicamentos.
Alguns hábitos são importantes para manter uma rotina de sono e combater a insônia..

  • Evitar chá, refrigerante,café,produtos que tenham cafeína pelo menos 4 horas antes de se deitar.
  • Deite-se apenas quando estiver com sono.
  • Desligue seu celular
  • Escreva num pedaço de papel,umas 4 horas antes de dormir, as preocupações e as tensões que estejam lhe tirando o sono.
  • Evite refeições pesadas
  • Tome um banho morno,desligue as luzes.

Em caso de aparecimento de alguns desses sintomas, procure o atendimento médico.

Acompanhe mais conteúdo sobre Medicina, Direito & Saúde em nossos canais digitais Facebook & InstagramBlog e App.

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend