fbpx

Ceará registra 15 mil óbitos por doenças cardíacas em 2018

O Coração que tem como função impulsionar o sangue para o organismo todo. Quando zelado é o principal responsável por uma vida longa e saudável. Fatores como os maus hábitos alimentares, a genética, o estresse e o sedentarismo conduz ao aparecimento de doenças no aparelho cardiovascular.
De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará, os dados parciais em 2018 foram de 15.288 óbitos por doenças do aparelho circulatório. Sendo 4.369 Vasculares Cerebrais, 5.019 isquemias e 1.780 Hipertensivas. E desse total 4.290 foram vítimas de Infarto Agudo do Miocárdio. As placas de gordura nas artérias aumentam a chance de infarto ou derrame, e o maior índice de óbitos é na faixa etária entre 30 e 69 anos.
Os sintomas mais comuns de um Infarto agudo do miocárdio são sudorese, mal estar, além de um desconforto no peito podendo ser sentido na região torácica, no umbigo e no queixo.
Para prevenção do surgimento de doenças cardíacas são necessário a adoção de alguns hábitos tais como:

  • Controlar o colesterol
  • Prevenir e controlar a diabetes e a hipertensão
  • Evitar o tabagismo
  • Reduzir ou eliminar a ingestão de álcool
  • Praticar exercícios físicos regularmente
  • Consumir uma dieta saudável
  • Além de consultar o cardiologista regularmente

Em caso de aparecimento de algum desses sintomas, procure o atendimento médico.

Acompanhe mais conteúdo sobre Medicina, Direito & Saúde em nossos canais digitais Facebook & InstagramBlog e App.

 
 

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend