fbpx

LER e DORT afetam mais de 67 mil brasileiros

LER-e-DORT

Lesões por esforços repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares relacionado ao trabalho (DORT) são casos que mais afetam os trabalhadores brasileiros. Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde apontam que em 10 anos, foram constatados 67.599 casos.
LER E DORT são danos recorrente ao uso excessivo do sistema que movimenta o esqueleto humano e da falta de tempo para a recuperação. Caracterizam-se pela ocorrência de vários sintomas, quase sempre em estágio avançado. Ocorrem geralmente nos membros superiores, tais como dor, fadiga, inflamação nas articulações e nos tecidos que cobrem os tendões.
Prejudicam a produtividade laboral, a participação na força de trabalho no comprometimento financeiro e da posição alcançada pelo trabalhador. Além disso, elas são responsáveis pela maior parte dos afastamentos do trabalho e representam custos com pagamentos de indenizações, tratamentos e processos de reintegração à ocupação.
 
Para prevenir a LER e DORT são necessário a adoção de alguns hábitos tais como:

  • Mantenha sempre uma postura apropriada durante o horário de trabalho.
  • Faça alongamentos periodicamente.
  • Faça pausas durante o trabalho.
  • Respeite seus limites biomecânicos.
  • Crie um bom ambiente de trabalho, sempre respeitando os limites de cada indivíduo.
  • Busque um estilo de vida adequado, com uma boa qualidade de sono, boa alimentação, condicionamento físico e manutenção da saúde em geral.
Fonte: Ministério da saúde

Acompanhe mais conteúdo sobre Medicina, Direito & Saúde em nossos canais digitais Facebook & InstagramBlog e App.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Send this to a friend