fbpx

Os números crescentes de suicídio do Ceará preocupam especialistas.

Cerca de 4.100 cearenses tiraram a própria vida entre 2012 e 2018. Por ano, foram contabilizados, em média, 587 casos no Estado. Além de chamar atenção, as estatísticas preocupam e alertam para a importância da prevenção ao  suicídio – ainda considerado um tabu em diversas partes do mundo – ser discutido de forma responsável e consciente.

As pessoas que estão pensando em  tirar a própria vida geralmente dão sinais de alerta através de ações: expressam extrema falta de interesse ou propósito na vida, pesquisam sobre maneiras de se matar, demonstram mudanças de humor, abusam de álcool, dormem demais ou tem dificuldades para dormir. Mas é importante saber que, infelizmnte, não há uma “receita” para detectar seguramente quando uma pessoa está vivenciando uma crise suicida. 

Como agir diante dessa situação? Primeiramente, ouça o que a pessoa tem a dizer! faça ela saber que você se importa com a vida dela e então incentive a pessoa a procurar ajuda de profissionais de serviços de saúde, de saúde mental, de emergência ou apoio em algum serviço público. Ofereça-se para acompanhá-la a um atendimento.

Se o perigo é imediato, não a deixe sozinha. Procure com urgência a ajuda de profissionais da saúde. 

 

Para mais conteúdo sobre Medicina, Direito & Saúde em nossos canais digitais pelo AppFacebook, Instagram e Blog.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Send this to a friend