fbpx

Autismo: quanto mais cedo o tratar, maior será a qualidade de vida do Autista.

O autismo é caracterizado pela dificuldade na comunicação e na execução de comportamentos repetitivos, e se apresenta de formas variadas de pessoa para pessoa, o que geralmente exige tratamento individualizado. Todo dia os cuidadores e crianças com esse transtorno enfrentam grandes desafios, e tem uma rotina árdua por conta da sua condição.

As características do autismo geralmente aparecem normalmente durante o primeiro ano de vida, detalhes como a forma como o bebê olha para objetos, o jeito como ele pede o que deseja e como reage quando lhe apontam para alguma direção e pequenos como falhas gestuais e o bebê aceitar colo de estranhos podem ser sinais de alerta para o diagnóstico precoce.

Em Fortaleza, o Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM)atende atualmente cerca de 65 crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

“O TEA é uma condição neurobiológica de origem genética, que pode sofrer influência de fatores ambientais que trazem prejuízos ao bebê em desenvolvimento durante a gravidez. Sendo assim, mitos como vacinação, métodos de criação ou mães que demonstram pouco afeto, não possuem nenhuma correlação com o autismo”, explica a médica psiquiatra, Denise Evangelista, que atua no Núcleo de Atenção a Criança e o Adolescente (Naia), setor do HSM que atende diretamente com pacientes com a síndrome.

Qualquer sintoma ou comportamento que traz prejuízo para a vida familiar, escolar ou social de uma pessoa deve ser investigado. “Se traz consequências negativas, como afastar amigos, estresse em casa, deve ser cuidado. Não existem medicações específicas para o autismo, mas podem-se usar algumas medicações para tratar sintomas e comportamentos que estejam atrapalhando o funcionamento global do individuo, com isso garantido sua adesão às terapias multidisciplinares, diminuindo seu sofrimento e melhorando sua qualidade e também de sua família”, diz a médica.

 

Fonte: http://www.hsmm.ce.gov.br/index.php/component/content/article/3-lista-de-noticias/44014-autismo-quanto-mais-cedo-o-diagnostico-melhores-sao-as-possibilidades-de-tratamento

 

Para mais conteúdo sobre Medicina, Direito & Saúde em nossos canais digitais pelo AppFacebook, Instagram e Blog.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Send this to a friend