fbpx

Alguma atividade física é melhor que nenhuma

Um estudo publicado pela revista inglesa The Lancet, uma das mais antigas e renomadas revistas médicas do mundo, demonstrou que mais de 5 milhões de mortes por ano no mundo seriam evitadas se eliminássemos o sedentarismo.

Para a cardiologista Dra. Thais Moreno, a prática de atividade física regular não só reduz o risco de infarto e outras doenças cardiovasculares, como ajuda no controle do colesterol, hipertensão e do peso. “Os benefícios da prática de atividade física vão muito além de reduzir o risco de doenças cardíacas, ajudam a prevenir diabetes, pressão alta, obesidade, depressão, osteoporose, osteoartrite, câncer de cólon e de mama e até demência.

Outra revista médica americana renomada, Journal of the American College of Cardiology, publicou um estudo com mais de 55 mil adultos em que o hábito regular de correr de 5 a 10 minutos por dia, mesmo em velocidade baixa (<9 km/h), pode reduzir em 29 a 50% o risco de morte por doenças cardiovasculares.

O recomendado para adultos é fazer pelo menos 150 a 300 minutos de atividade física moderada (ex caminhada, bicicleta) por semana ( 30 a 60 minutos 5 vezes na semana) ou 75 a 150 minutos de atividade intensa (corrida, squash) por semana ( 15 a 30 minutos 5 x semana).

“Alguma atividade física é melhor que nenhuma. Podemos aproveitar este fim de ano para colocar pelo menos 30 minutos de prática de atividade física diária como meta de saúde e bem estar para 2020!”, finaliza a Dra Thais.

Sobre a médica

Residência em Clínica Médica pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e Cardiologia pelo Instituto Dante Pazzanese de São Paulo. Especialista em Melhoria Contínua pelo Instituto for Healthcare Improvement. Fala sobre cardiologia com foco em prevenção cardiovascular, hipertensão, insuficiência cardíaca, problemas cardíacos na mulher pós-menopausa e no homem com andropausa.

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend