fbpx

COVID-19 e a qualificação profissional com o associativismo médico

Atuante no associativismo médico, a AMC, Associação Médica Cearense, vem se destacando ao agir de maneira rápida em uma situação tão extrema como a pandemia causada pelo novo coronavírus.

Preocupada com o cenário de enfrentamento a COVID-19, que exige muito esforço e impõe desafios diários aos profissionais de saúde que pela primeira vez tiveram que lidar com a doença, a entidade desenvolveu um curso básico e gratuito que atendeu a pelo menos 140 médicos inicialmente. O público alvo da ação foram os profissionais que trabalham em hospitais ou Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), e que naturalmente precisavam de uma atualização no que diz respeito a emergências por Covid-19.

O treinamento em reanimação, intubação, cricotomia, ventilação mecânica e protocolos de tratamento do Covid-19 foi coordenado pelos médicos Bruno Cavalcante e Kit Rola, por meio do Núcleo de Capacitação e Simulação em Saúde.

A metodologia do curso contou com uma parte prática presencial e outra teórica, gravada e disponibilizada para todos os médicos do País, sem custo, por meio de uma plataforma online, qual esses profissionais poderam acessar. Além disso, é importante ressaltar que todos os instrutores e monitores do curso eram voluntários.

Com essas ações, a Assiociação Médica Cearense consegue valorizar ainda mais a prática da medicina, atendendo a todas as necessidades mais importantes dos médicos e profissionais da saúde.

 

Confira mais conteúdo no programa do Jornal do Médico®️ com o Saúde em Pauta

 

 

Assine a NewsLetter, receba conteúdos relevantes e a revista digital do Jornal do Médico. https://bit.ly/3araYaa

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend