fbpx

Novembro Azul e a conscientização das doenças e disfunções sexuais

As Disfunções Sexuais acometem 40% dos brasileiros entre 40-70 anos. Seu tratamento está associado com melhora da auto-estima, da qualidade de vida e reduz a depressão. Diabetes Mellitus,  Hipertensão Arterial e obesidade, além da idade, são os principais fatores de risco.

A Hiperplasia Prostática Benigna é o tumor benigno mais comum no homem. Acomete 40% dos homens entre 50-60 anos e 80% dos homens entre 70-80 anos. O diagnóstico e tratamento clínico na fase inicial permitem que a indicação de cirurgia reduza a metade.

O Câncer de próstata é o tumor maligno mais comum nos homens. Estatísticas americanas mostram que, a cada dois minutos, um homem é diagnosticado e a cada 18 minutos um homem morre desta doença. O diagnóstico precoce está associado a maior possibilidade de controle oncológico e reduz a incidência de pacientes com  doença em fase mestastática. Hoje, sabe-se que alguns pacientes com câncer de próstata (aqueles com doença de baixo risco), podem até não necessitar de tratamento, apenas acompanhamento, mas somente após o diagnostico é que se sabe se a doença é de baixo, intermediário ou alto risco.

Portanto, muitos sãos os motivos para os homens procurarem assistência médica para fazer exames preventivos. Infelizmente, não é isto nem sempre ocorre.

Com o intuito de promover uma maior conscientização sobre as doenças do homem, diversas entidades médicas lançaram o Novembro Azul. Esta campanha é realizada no mês de novembro, com o objetivo de conscientizar a sociedade e, em especial, aos homens, a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O movimento surgiu na Austrália, em 2003. Chamado Movember, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata,  realizado a 17 de novembro, tinha como objetivo a conscientização e arrecadação de fundos para luta contra esta enfermidade. No Brasil, em 2008, o Instituto Lado a Lado pela Vida foi pioneiro na abordagem de questões relacionadas ao câncer de próstata, por meio de uma campanha Um Toque, Uma Drible. O objetivo era promover uma mudança de paradigma em relação a ida do homem ao médico.

Em Fortaleza, durante este mês de Novembro, a Sociedade Brasileira de Urologia, secção Ceará, irá promover diversos eventos on Line para esclarecer a população sobre a importância do diagnóstico precoce e tratamento destas doenças.

 

 

Sobre o autor:

Rommel Prata Regadas

Prof de Urologia da Universidade Federal e Estadual do Ceará

Presidente da Sociedade Brasileira de Urologia, Secção Ceará

 

 

 

Assine a NewsLetter, receba conteúdos relevantes e a revista digital do Jornal do Médico. https://bit.ly/3araYaa

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend