fbpx

O Castelo de São Jorge

Em Lisboa, o Castelo de São Jorge está situado na mais alta colina da cidade. A visita ao castelo com a inebriante vista da cidade nos faz retornar ao tempo de uma Lisboa medieval. Suas pedras escorregadias sob os nossos pés nos contam com detalhes a história do Castelo desde a época em que os mouros, no século XI, construíram, habitaram e o fortificaram para defesa. Entretanto, a presença humana, na região, remonta à Idade do Ferro.

Pesquisas arqueológicas nos mostram que, desde o século VI a.C., fenícios, gregos e cartaginenses por lá estiveram. Em 1147, D. Afonso Henriques, primeiro Rei de Portugal, com tropas de cruzados que se dirigiam à Terra Santa, depois de cercar o Castelo durante três meses, expulsou os mouros. O castelo foi, posteriormente, batizado de São Jorge, um mártir ao qual muitos guerreiros dedicavam sua devoção. Em 1255, o Castelo se elevou a Paço Real. Assim, na época das grandes navegações, o Castelo foi palco de recepção e homenagem a Vasco da Gama, após sua descoberta do caminho marítimo para as Índias. Ao visitar o Castelo, imaginamos uma Lisboa de outras eras, enquanto somos inebriados pela esplêndida vista do Tejo.

Observar o horizonte através dos seus miradouros, tendo por companhia um neto de 11 anos apaixonado por história, como a avó, é uma experiência única. Com suas onze torres, os jardins e a inspiradora paisagem compreendemos as razões que fazem esse Patrimônio Nacional ser um dos monumentos mais visitados de Portugal.

 

Fonte: Revista Jornal do Médico

 

dra. ana

 

 

Sobre a autora:

 Dra. Ana Margarida Arruda Rosemberg é médica, historiadora, imortal da Academia Cearense de Medicina e conselheira do Jornal do Médico.

 

 

 

Assine a NewsLetter, receba conteúdos relevantes e a revista digital do Jornal do Médico com conteúdos exclusivos e assinados por especialistas. https://bit.ly/3araYaa

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend