fbpx

Conheça os cuidados que os pais devem ter com a pele do bebê no calor

Choros sem causa aparente, vermelhidão na pele e coceiras são algumas das situações que acometem os bebês, por diversos motivos, e podem também estar relacionadas ao calor, comum no verão. “Oriento os pais de que os cuidados devem sempre existir, mas, no verão, é preciso redobrar a atenção. Crianças têm pele sensível e um pequeno descuido pode trazer muito incômodo e prejudicar o bem-estar e a saúde deles”, explica a dermatologista e pediatra, Kerstin Taniguchi.

Quando o ambiente está muito quente, é comum a criança suar bastante. O uso de roupas oclusivas ou produtos muito espessos ou oleosos sobre a pele dos bebês pode causar a famosa “brotoeja”. “A imaturidade das glândulas de suor desencadeia a miliária, também conhecida como brotoeja, uma dermatite inflamatória que provoca lesões avermelhadas na pele, principalmente no pescoço, na região superior do tronco e na face”, alerta a especialista.

As irritações cutâneas também podem ser provenientes de alergias e dermatites, que são agravadas em dias mais quentes. Por isso, o essencial neste período do ano é manter a criança em locais ventilados. “Evite ar-condicionado, pois a umidade do ar diminui ainda mais, deixando a pele ressecada e mais sensível. Dê preferência às janelas abertas para arejar o ambiente e, quando necessário, faça uso do ventilador”. Em caso de dúvida, consulte sempre um pediatra ou dermatologista.

Tecidos grossos, sintéticos e roupas justas ao corpo devem ser evitados nesta época do ano, porque podem irritar a pele dos pequenos, especialmente nas dobrinhas. “Opte por roupas em algodão puro. Este tecido deixa a pele da criança respirar e não retém o suor. Nos dias com altas temperaturas, experimente utilizar apenas a fralda, pode ajudar”, alerta a Dra. Kerstin.

Os bebês passam boa parte do tempo deitados ou no colo de um adulto, por isso, a região das dobras, que retém o calor, fica suscetível à fricção, maceração e a ocorrência de dermatites. Nestes casos, a especialista recomenda o uso de talco líquido no pescoço, virilha, braços e pernas. “Ele vai diminuir o atrito e manterá o local sequinho e fresco. Pode ser usado logo após o banho e ao longo do dia, sempre que os pais ou cuidadores notarem necessidade de diminuir o suor.”

Uma indicação é o talco líquido multifuncional Amilia, da farmacêutica brasileira TheraSkin. É hipoalergênico e mantém a hidratação da pele. A base de alfa-bisabolol, tem ação calmante, cicatrizante e antisséptica e é ideal para pele sensível e delicada dos bebês, sendo recomendado para amenizar a irritação da pele causada por brotoejas, pós sol, picadas de insetos e dermatites. Possui ainda o Kaolin em sua formulação, que tem ação adstringente e secativa, agindo na absorção da oleosidade e diminuindo a umidade local.

Outro ponto de atenção, na estação do verão, é a exposição ao sol. Ajustar o horário de passeios para antes das dez horas da manhã e após às quatro horas da tarde é o recomendado. Sempre com proteção solar (as idades e melhores indicações dos produtos podem ser encontrados no site da Sociedade Brasileira de Pediatria) , roupas com proteção UV e uso de bonés e sombrinhas.

 

 

TheraSkin

 

Assine a nossa NewsLetter para receber conteúdos e a RD do Jornal do Médico https://bit.ly/3araYaa

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Send this to a friend