Primeiro Banco de Pele Animal do Brasil é inaugurado no Ceará

Feliz Aniversário, Dr. Tulius Freitas!
24 de julho de 2017
Estado intensifica vacinação contra HPV
24 de julho de 2017

Primeiro Banco de Pele Animal do Brasil é inaugurado no Ceará

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Parceria entre o Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM) da Universidade Federal do Ceará (UFC) e o Instituto de Apoio ao Queimado (IAQ) permitiu a criação do primeiro Banco de Pele Animal do país, inaugurado no dia 13 de julho. O NPDM foi pioneiro na realização de pesquisa que estudou pele de animal para tratamento de queimaduras no Brasil.

O Banco trabalha com a pele do peixe tilápia, alternativa mais barata que os atuais meios brasileiros para tratamento de queimaduras de segundo e terceiro graus por utilizar menos medicamentos, menor equipe médica à disposição do paciente e ser mais rápido no processo de cura, dispensando assim as trocas de gazes várias vezes ao dia, o que causa menos dor ao paciente. Essa é também a primeira pele de animal aquático do mundo estudada no tratamento de queimaduras.

No segundo semestre do ano, a previsão é de que o Banco de Pele Animal realize um estudo multicêntrico em Goiás, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo, onde mil peles de tilápia beneficiarão pacientes vítimas de queimaduras.

O coordenador do NPDM, Prof. Odorico de Moraes, será o Diretor do Banco. Edmar Maciel, presidente do IAQ e Cybele Leontsinis, do Centro de Tratamento de Queimados do Instituto Dr. José Frota (IJF), atuarão como coordenador médico e coordenadora de enfermagem. O banco de pele ficará na sede do NPDM, na Rua Coronel Nunes de Melo, no Bairro Rodolfo Teófilo.

Com informações da UFC.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Redação JMédico
Redação JMédico
Equipe de Reportagem Jornal do Médico | Canal de Comunicação sobre Medicina, Direito & Saúde | E-mail: redacao@argollomarketing.com.br