fbpx

Pesquisa nacional relata relação entre COVID-19 e trombose

Diante da incidência de tromboses em pacientes infectados pela COVID-19, a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) divulgou um material elaborado com base nas respostas de cerca de 470 angiologistas e cirurgiões vasculares, que tem como objetivo analisar a relação entre a trombose e o coronavírus.

Segundo o levantamento divulgado no dia 29 de julho, entre todos os atendimentos feitos em pacientes (na rede privada de saúde, na pública, entidades filantrópicas e nas forças armadas) 39% dos especialistas vasculares entrevistados afirmam que atenderam ao menos um paciente que estava com coronavírus e teve um incidente de trombose venosa ou embolia. Além disso, a população idosa infectada pela Covid-19 não é a que mais sofre com trombose, pois ainda segundo a pesquisa, o maior números de atendimentos feitos por angiologistas em pacientes com coronavirus que tiveram trombose está na faixa etária de 40 a 60 anos.

Além disso, a pesquisa mostrou que a maior parte dos incidentes de trombose em pacientes com covid-19, foram nos membros inferiores. Mais especificamente 82% dos angiologistas e cirurgiões vasculares tiveram pacientes infectados pelo coronavírus com trombose nos membros inferiores. Enquanto 12% dos médicos atenderam pacientes com o quadro nos membros superiores.

 

Fonte: Saúde Debate

 

 

Confira mais conteúdo no programa do Jornal do Médico®️ com o Saúde em Pauta

 

 

Assine a NewsLetter, receba conteúdos relevantes e a revista digital do Jornal do Médico. https://bit.ly/3araYaa

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend