fbpx

Ser humano é o que importa

No já distante ano de 1961, em 25 de novembro, na cidade de Fortaleza, ninguém, nem mesmo o Sr. Jorge Pereira Nobre ou a Sra. Maria de Jesus Guedes Nobre poderiam imaginar como seriam os dias futuros, desde o nascimento do seu filho Francisco Manoel Guedes Nobre.
A verdade é que ninguém sabe mesmo o futuro de ninguém e não existe bola de cristal. O que existe, além da vida que nos é dada por Deus, é o livre-arbítrio – também dado por Ele – de cada um de nós. E foi com o livre arbítrio orientado para o bem, para os princípios morais e cristãos e para o senso de humanismo, na compreensão de que todos somos, independentemente do sexo, da condição financeira, da cor que formamos a raça humana dos filhos de Deus, que o menino Manoel foi educado. Por isso, ele foi sendo convencido de que poderia ser o que quisesse ser; ia depender somente da sua força de vontade, do foco nos objetivos que almejasse alcançar.

Para mais informações a respeito do assunto na edição impressa, acesse o conteúdo digital pelo nosso portal (https://goo.gl/8mSuDo) ou aplicativo Jornal do Médico, disponível nas plataformas AppStore  e GooglePlay.

Acompanhe mais conteúdo sobre Medicina, Direito & Saúde em nossos canais digitais Facebook & InstagramBlog e App.

Share this post


WhatsApp chat
Send this to a friend